Famoso app Bump chega ao fim, após aquisição do Google

Google começando 2014 do jeito que mais gosta: matando um serviço útil usado por milhões de pessoas.

Via The Verge

Share Button

Este robô de telemarketing mentiroso é assustadoramente real

Robomarketing

Um funcionário da Revista Time recebeu uma chamada de uma atendente de telemarketing tentando vender seguro de saúde. Até aí, nada fora do normal. Até que o repórter percebeu que apesar de ter um tom extremamente natural, a atendente que se identificava como Samantha West era na verdade um robô.

Logo após o primeiro contato, os repórteres da revista passaram a ligar inúmeras vezes para o telefone, tentando explorar as possibilidades e interações com o robô. Tire alguns segundos para escutar a voz da fulana e as suas reações, e entre pra lista dos que ficam um tanto assustados com esse tipo de possibilidade.


O que me incomodou profundamente foi que a gravação foi programada para mentir, tentando convencer o interlocutor de que a atendente não era um robô. Esse tipo de decisão não é arbitrária e certamente não foi feita de forma leviana. E estabelece um terrível precedente pra esse tipo de comportamento.

Em tempos de Google comprando a Boston Dynamics e a Amazon prometendo entregar encomendas com drones, eu esperava que este tipo de interação tão próxima entre humanos e robôs fosse feita com um pouquinho mais de responsabilidade.

Via io9

Share Button

Tribunal coreano rejeita pedido da Samsung para banir produtos da Apple

Quando eles perderam nos EUA, insinuaram xenofobia. Fico curioso pra saber o que dirão agora.

via 9to5 Mac

Share Button

Todos nós somos o Otário Chorão da Claro

Claro

Entre ontem e hoje, esta notícia ganhou bastante destaque na imprensa. Um cliente da Claro chamado César de Medeiros teve seu nome alterado para Otário Chorão no cadastro da empresa. Segundo ele, isso aconteceu depois que ele ligou para a Claro para tentar negociar um desconto na assinatura.

Isso que dá terceirizar a área de atendimento ao cliente. Este ponto de contato é extremamente crítico e importante no relacionamento entre as duas partes, exatamente porque só é ativado quando já existe algum problema pra início de conversa. Afinal, ninguém liga pra sua operadora pra dizer que o sinal do celular está bom, não é mesmo?

Terceirizar este serviço é pedir para ter problemas. De um lado você tem um cliente que está frustrado com o serviço (estando com a razão ou não), e do outro você tem alguém que ganha mal, muito provavelmente não dá importância pro próprio emprego, passa o dia ouvindo desaforos, e não liga a mínima para a imagem da empresa que está representando.

Esta não foi a primeira vez que algo assim aconteceu. Há pouco mais de 1 ano, uma cliente da Net recebeu uma conta sob o nome de Vadia Nogueira, exatamente depois de ter se desentendido com alguém no atendimento ao cliente.

Deveria ser obrigatório uma empresa precisar comprovar ter condição e estrutura de atender sozinha os seus clientes para poder operar. E deveria ser proibido poder terceirizar esta responsabilidade. Enquanto elas continuarem vendo o atendimento e atenção aos seus clientes como um aborrecimento que pode ser evitado ao terceirizar este serviço, isso continuará acontecendo. Azar de todos nós.

Share Button

Trailer do livro com a biografia do Jony Ive desrespeita Steve Jobs

O livro Jony Ive – The Genius Behind Apple’s Greatest Products de Leander Kahney acabou de ser lançado. E pra tentar ajudar na divulgação, fizeram uma espécie de trailer que traça o perfil de Ive, enquanto enumera os seus feitos. Ele é bastante morno, e tenta replicar de forma rasa a própria comunicação da Apple. Mas este não é o maior problema aqui.

O problema principal é a parte final do vídeo, que faz a pergunta: “Será que demos o crédito pra pessoa errada?”

Que golpe baixo e de extremo mau-gosto. O vídeo poderia ter ficado sem essa. Que falta de respeito. Há tempos eu estou bastante curioso para ler o livro, e é evidente que o autor não tem nada a ver com este video. Mas confesso que fiquei com um pouco menos de vontade de ler a obra depois de ouvir isso.

Video via The Loop

Share Button

O iPad Air que pegou fogo na Australia não era um iPad Air

É isso que acontece quando a notícia sai antes dos fatos.

Via Mashable

Share Button

Separados no nascimento: Tim Cook e Ryan Stiles (Two and a Half Men)

Tim Cook / Ryan Stiles

Share Button

Tablet da Sony é rejeitado em cadeia nacional por criança de 5 anos

Arden Hayes

Arden Hayes é um garoto de 5 anos de idade que ficou famoso nos EUA após ter participado do programa do Jimmy Kimmel e ter demonstrado um conhecimento surpreendente sobre os presidentes americanos.

Ontem ele voltou ao programa, e a Sony aproveitou para comprar uma pequena inserção no quadro, além de presentear o garoto com um de seus tablets.  A reação do garoto é incrível.


“Não! Não, pode dar pra alguém, porque estamos planejando comprar um iPad de Natal.”

Ontem a Sony aprendeu duas importantes lições:

1 – Não adianta nada pagar pra ter exposição nacional. Pode ser um tiro no pé.

2 – Tem gente que não aceita cópias do iPad nem de graça. Prefere pagar pra ter o aparelho de verdade.

Via 9to5Mac

Share Button

Dados mostram que o iPad Air está sendo adotado 5x mais rápido do que o iPad 4

iPad Air

Excelente começo. O iPad Air parece ter sido um golaço da Apple. Há tempos eu não via uma atitude tão positiva tanto da imprensa quanto do lado dos consumidores frente a um novo produto da Maçã.

Os dados são da Fisku, via MacRumors

Share Button

BBM e os Top 25 da App Store

Lembra do post BBM e o topo da App Store, em que em meio às notícias do surpreendente sucesso do app na App Store eu disse que não dava duas semanas pra ele sumir dos Top 25?

BBM

Precisou de 10 dias.

Share Button